11.10.2017 às 18h

Campanha visa incentivar investidores e mais turismo de negócios

Eleita uma das melhores cidades para investir, ação mostrará as riquezas,
a qualidade de vida e o potencial econômico e turístico de Atibaia

A Prefeitura da Estância de Atibaia lançou nesta semana a campanha “Conheça Atibaia, vem crescer com a gente”. O conceito da ação é divulgar Atibaia, suas riquezas, a qualidade de vida e seu potencial econômico e turístico. Com essas características, o objetivo é atingir empresários que queiram investir e aproveitar as leis de incentivo da cidade e turistas que desejam conhecer e desfrutar das opções que o município tem.

A campanha será em nível estadual, com inserções nos maiores veículos de comunicação do país. O vídeo institucional, que tem duração de 30 segundos, também terá versões em inglês e espanhol, para atingir outros países. Sem contar que eventos nacionais e internacionais ligados ao tema de desenvolvimento também exibirão o vídeo da campanha.

Com localização privilegiada, Atibaia tem se evidenciado como polo turístico e atrativo de investidores. Está no entroncamento de duas importantes rodovias (Dom Pedro I e Fernão Dias), fica próximo dos principais polos tecnológicos do estado, como São Paulo e São José dos Campos, e de grandes portos e aeroportos. Tudo isso contribui na geração de novos empreendimentos, além do incentivo fiscal que a Prefeitura oferece para as empresas.

Atualmente, é a cidade referência na produção de flores e morangos. São cerca de 150 produtores de morango, três milhões de pés da fruta e uma produção de 4 mil toneladas, responsável por um faturamento anual de aproximadamente R$ 10 milhões. Tudo isso movimenta cerca de 500 pessoas, que trabalham diretamente com a produção da fruta no município.

Já a produção de flores tem aproximadamente 400 produtores. Em volume de produção, as flores de Atibaia representam cerca de 25% do total produzido no Brasil. São aproximadamente 500 hectares de área de produção, com um faturamento anual de cerca de 300 milhões de dólares.

O turismo de negócio também é muito forte na cidade, com uma vasta rede hoteleira e um rico setor gastronômico. São 2.093 unidades hotelerias, 5.689 leitos e 1.626 funcionários fixos diretos. A cidade recebe em torno de 20 mil turistas por fim de semana, levando a taxa de ocupação dos hotéis para, em média, acima dos 50%. Em setembro esse número fechou em 51%. Já o setor de alimentos e bebidas tem um faturamento mensal de quase R$ 3 milhões, o que resulta até o momento em uma movimentação de mais de R$ 23 milhões no município.

Sem falar da vocação para o turismo e lazer. São diversas riquezas naturais e opções de lazer. O principal ponto turístico de Atibaia, o Monumento Natural Estadual Pedra Grande, pertence ao mosaico de unidade de conservação do Parque Estadual do Itapetinga e foi tombado pelo CONDEPHAAT em 1983. Com 1.418 metros acima do nível do mar, tem afloramento rochoso e é conhecido por sua beleza contemplativa, além de ter uma das principais rampas naturais do país para a prática de voo livre.

Todo esse trabalho de elaboração de políticas indutoras de desenvolvimento tem gerado resultados importantes. Um deles é que pelo segundo ano consecutivo Atibaia está entre as 100 melhores cidades do Brasil para investir em negócios, de acordo com pesquisa da Revista Exame. O município ficou em 90º, com a nota 9,26. O estudo verificou um total de 28 indicadores em quatro aspectos essenciais para a evolução dos negócios em uma cidade: desenvolvimento social, capital humano, infraestrutura e desenvolvimento econômico.

De acordo com o prefeito Saulo Pedroso de Souza, “é notório que mesmo diante da forte retração da economia nacional, estamos no caminho certo. Temos mantido a capacidade de investimento para superar gargalos de infraestrutura e prestação de serviços, geração de emprego, melhoria da qualidade de vida e dos atratativos logísticos e estruturais para a instalação de novas empresas. A cidade tem muito mais para viver e investir e contamos com a união de todos para isso”.

Para obter mais informações, os investidores devem entrar em contato com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), pelo telefone 4414-2300, ou pessoalmente no endereço: Rua Bruno Sargiani, nº 100, Parque Jerônimo de Camargo.