17.05.2018 às 17h

Atibaia marca presença em reunião de gestores no Ministério do Desenvolvimento Social, em Brasília

Ministro recebeu representantes do setor e discutiu
aplicação de recursos destinados à assistência social

Nesta semana Atibaia marcou presença em reunião de gestores da área de assistência social no Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), em Brasília, com a presença do ministro Alberto Beltrame. A secretária de Assistência e Desenvolvimento Social de Atibaia, Magali Basile, participou do encontro  na qualidade de vice-presidente do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social – Congemas na Região Sudeste.

Na reunião, conduzida por Alberto Beltrame, foram discutidas diversas pautas da área, como a utilização dos recursos financeiros da assistência social para a aquisição de bens, compra de veículos, construção de imóveis, entre outras demandas, que hoje são destinadas apenas para custeio. “Essa é uma pauta muito importante para a área socioassistencial e o ministro a acolheu com atenção e reciprocidade. Sabemos que há dificuldade com relação ao orçamento, mas o ministro demostrou empenho em trabalhar por esse pleito”, afirmou Magali Basile.

Divulgação/Ministério do Desenvolvimento Social

A secretária lembra que o ministro esteve em Atibaia há alguns dias participando de um congresso sediado no município, visita que possibilitou a ampliação de vínculos entre o ministério e a cidade. Segundo ela, nesta semana o Ministério do Desenvolvimento Social iniciou um grupo de trabalho propondo a autorização de utilização desses recursos aos municípios, medida que representaria um grande avanço para as ações desenvolvidas na área.

No encontro também estiveram presentes a secretária Nacional de Assistência Social, Maria do Carmo Brant de Carvalho; além de representantes do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social – Congemas e do Fórum de Secretários Estaduais da Assistência Social – Fonseas.

Ainda nesta semana, na quarta-feira (16) e quinta-feira (17), Atibaia participou de uma oficina de integração do Programa Criança Feliz com o Sistema Único de Assistência Social – SUAS, proposta pelo Ministério de Desenvolvimento Social e pelo Banco Mundial (agência especializada independente do Sistema das Nações Unidas). “O município foi convidado para essa oficina que discutiu a intersetorialidade do Programa Criança Feliz, ação muito produtiva visando o alinhamento e a qualificação do programa”, esclareceu. “A proposta é que todas as secretarias da Prefeitura se envolvam neste programa, uma vez que a criança possui demandas em todas as políticas públicas, de diferentes áreas de atuação”, complementou.