9.02.2018 às 15h

Investimento em saneamento é tema da primeira reunião do Concidati em 2018

Saae apresentou detalhes sobre as melhorias na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Estoril e construção das novas ETEs no Caetetuba, Portão, Tanque, Usina e Maracanã

Na última terça-feira (6) o Conselho da Cidade de Atibaia se reuniu pela primeira vez em 2018 para analisar o investimento do município em saneamento para os próximos quatro anos. Ao todo, estima-se que mais de R$ 162 milhões sejam aplicados na melhoria da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do bairro Estoril e construção de cinco novas ETEs nos bairros Caetetuba, Portão, Tanque, Usina e Maracanã.

A superintendente da SAAE, Fabiane Santiago, expôs na 84ª reunião ordinária do Concidati o cronograma de investimentos em saneamento na cidade e apresentou para todos os presentes a Atibaia Saneamento, empresa responsável pela coleta e pelo tratamento de esgoto na cidade.

De acordo com o cronograma de investimentos, em 2018 serão feitas a modernização e a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Estoril, um investimento de cerca de R$34 milhões e que atenderá 15 mil habitantes. As obras impactarão significativamente na eficiência da estação, com melhorias na prestação do serviço.

Já em 2019 será construída a ETE Caetetuba, com um investimento de quase R$ 35 milhões, beneficiando 52 mil cidadãos que ainda não contam com o serviço de tratamento de esgoto. Nos dois anos seguintes, em 2020 e 2021, estão previstos investimentos para implantação dos Sistemas Portão, Usina, Tanque e Maracanã, além da ampliação da ETE Caetetuba.

A universalização dos serviços de coleta e tratamento de esgoto em Atibaia é resultado de uma Parceria Público-Privada (PPP), assinada em 2012 entre a Companhia de Saneamento Ambiental de Atibaia (SAAE) e a Atibaia Saneamento. Desde então, a concessionária é responsável pela operação e ampliação do sistema de esgotamento sanitário do município, sob gestão da SAAE.

Participaram do encontro conselheiros, secretários municipais, vereadores, representantes da Atibaia Saneamento, munícipes e outros membros do governo.