18.08.2017 às 11h

Prefeitura aguarda liberação do DAEE para realizar obras de desassoreamento em três lagos do município

Objetivo é limpar os lagos do Jd. Paulista, Jd. do Lago e do Major
e melhor prepará-los para receber a água das chuvas,
proporcionando mecanismos eficazes para
ajudar a evitar alagamentos na cidade

Os lagos do Jd. Paulista, Jd. do Lago e do Major são conhecidos por moradores e até mesmo turistas por sua beleza cênica e por servirem a fins esportivos, turísticos ou de lazer. No entanto, eles guardam um potencial que, historicamente, ainda é pouco explorado no município: os três lagos têm capacidade natural de represamento de água, apresentando-se como grandes “piscinões” capazes de absorver parte do volume descarregado pelas chuvas diretamente em córregos e, consequentemente, no Rio Atibaia.

Arquivo SECOM

Em março deste ano, vislumbrando essa solução para enfrentar problemas com alagamentos em períodos de chuvas intensas, a Prefeitura da Estância de Atibaia contratou uma empresa especializada na área de engenharia/arquitetura encarregada de elaborar projetos básicos e executivos de limpeza, desassoreamento e ampliação da capacidade de absorção de águas pluviais dos lagos do Jardim Paulista, do Jardim do Lago e do Major. O objetivo é limpar os lagos e melhor prepará-los para receber a água das chuvas, de modo que se tornem mecanismos eficazes para ajudar a evitar alagamentos na cidade.

A empresa que venceu a licitação apresentou à Prefeitura e ao Departamento de Águas e Energia Elétrica – DAEE os estudos técnicos, cálculos e projetos básicos referentes aos lagos. Nesta primeira etapa, a Administração Municipal investiu mais de R$ 200 mil.

Arquivo SECOM

Agora, o projeto está em processo de análise junto ao DAEE e, após a obtenção das outorgas, a empresa apresentará à Prefeitura os projetos executivos para verificação e validação. Na sequência, se a Administração Municipal estiver de acordo com os projetos executivos apresentados, lançará uma nova licitação para contratação de uma empresa responsável pela execução das obras, que preveem desassorear, regularizar e recuperar os lagos, de maneira a retardar o escoamento das águas e, assim, evitar ou minimizar problemas de alagamentos.

Segundo a Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente/Departamento de Meio Ambiente, estão previstas obras no lago do Jardim Paulista – desassoreamento, barramento, execução de extravasor, aduelas, bacias de dissipação, Rip-Rap (estrutura de gabião), descarregador de fundo e monge; no lago do Jardim do Lago – canalização aberta em colchão Reno, adequação de travessia em aduelas, regularização de canal fechado, desassoreamento, barramento, extravasores, descarregador de fundo e monge; e no lago do Major – desassoreamento.

Ainda de acordo com a Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente/Departamento de Meio Ambiente, as intervenções programadas nos três lagos podem ajudar a evitar a sobrecarga do sistema de drenagem, pois as obras proporcionarão a ampliação da capacidade da infraestrutura de drenagem do município e ajudarão na prevenção a alagamentos.

Arquivo SECOM

Os projetos de intervenção no lago do Major, que fica na Bacia do Córrego dos Pintos, e nos lagos do Jardim do Lago e Jardim Paulista, localizado na Bacia do Córrego da Figueira, estão sendo feitos pela Prefeitura com recursos próprios. São iniciativas consideradas importantes para melhorar a contenção das águas em locais estratégicos da cidade. Paralelamente, continuam as tratativas com governos do Estado e da União em busca de recursos para obras de maior impacto e grande magnitude, que, infelizmente, o município não tem capacidade de realizar por conta própria.

 

Prevenção de inundações: lagos do Major, Jd. Paulista e do Lago têm obras previstas